sexta-feira, 12 de novembro de 2010

sem tempo

Isso aqui tá muito parado :~ ando sem tempo pra escrever, na verdade tenho tempo mas tenho preguiça, tenho que estudar para as provas da faculdade (tentar estudar né). Logo logo terá um texto novo.

Beijos e Abraços.

domingo, 25 de julho de 2010

brisa.

Imagino como será a rua onde eu moro daqui uns 25 anos...
O que será que vai mudar?
Aquela praça ainda vai estar no mesmo lugar?
Será que vou continuar morando na minha casa ou ela terá novos moradores?

E a minha vida, será que já vou estar casado e com filhos?
Será que vou estar trabalhando num emprego que goste?
Será que manterei contato com todos meus amigos, provavelmente alguns não.
O futuro é umas das coisas que tenho medo, não saber o que está por vir.



PS: Eu pensei isso tudo enquanto esperava o ônibus na parada, brisei muito. dooorgas manolo RAIRAIRARIARAI

sábado, 24 de julho de 2010

diga não à homofobia

Este texto é sobre um assunto ainda muito discutido aqui no Brasil. A homofobia. Infelizmente ainda existe um grande preconceito contra gays, eles são sempre discriminados, não têm muitos direitos ainda e eles estão lutando para que um dia consigam seu espaço.

Algumas igrejas falam que isso é uma doença e blábláblá, eu respeito qualquer religião e Deus mas dizer que o homossexualismo é uma doença e outras coisas é idiotice, Deus ama todos nós independente de qual for a nossa opção sexual. E existe alguns pastores dizendo que conseguem fazer gays virarem héteros, por favor vão arrumar o que fazer, deixem os gays em paz, eles não fazem mal a ninguém, são pessoas de bem com a vida, alegres, que só querem ter direitos como qualquer outro cidadão e não serem mais discriminados.

Existe jovens que por serem gays são mortos por pessoas que têm esse preconceito, isso é ridículo, estarmos em pleno século 21 e ainda existir esse tipo de coisa, tem momentos que dá uma vergonha de viver nesse Brasil, incrível como existem pessoas com cérebros tão pequenos e são elas que aumentam ainda mais esse problema, fico com muita raiva quando algum grupo debocha dos gays se referindo a eles como pessoas doentes. Gente, eles só escolheram a opção sexual que mais eles se sentiam a vontade, cada um escolhe sua própria opção e vocês ignorantes não têm o direito de oprimí-la.

Muitos adolescentes acabam sendo expulsos de casa por serem gays, acho isso um absurdo, pais devem amar seus filhos independente de qual for sua opção sexual e não expulsando-os de casa. Admiro os pais que que sabem que seus filhos ou filhas são gays e os apoiam, queria que todos fossem assim. Tem aquele que são gays mas tem o medo de saírem do armário por medo dos pais não aceitarem, da discriminação, e assim começam a ter um estilo de vida escondido de quase todo mundo.

Esse é meu desabafo, falei tudo que tinha para falar que estava entalado na garganta há muito tempo, e acredito que muita gente pensa o mesmo que eu.

Vamos lá gente, vamos acabar com este preconceito

DIGA NÃO À HOMOFOBIA


domingo, 18 de julho de 2010

divã

Estou com 19 anos, sou virgem, nunca namorei, é raro ver meninos nessa situação hoje em dia. Eu não me importo muito com isso, tudo tem seu tempo e algum dia vai chegar a minha vez, pode demorar meses ou anos, eu espero. Meus colegas dizendo que iriam pagar uma puta pra mim, mas eu sinceramente não quero, acho isso tão idiota, eu quero que a minha primeira vez seja com uma pessoa que eu goste e que ela goste de mim e não uma puta que depois nunca mais vou ver na vida.

Minha vida ultimamente tem sido normal, estou de férias da faculdade no momento, mas já não vejo a hora de voltar, estou com saudades dos meus colegas, das idas ao Inseto para beber e jogar conversa fora, das aulas, dos professores. Estou cursando Biologia, sempre gostei, é a única matéria que nos tempos de colégio me fazia querer aprender algo.

Esses dias fui a um oftalmologista e ele me disse que terei que usar lentes de contato, tenho astimagtismo e miopia, no momento estou indo ao consultório para me acostumar com elas, é um saco e a mulher falou que o pior vai ser no olho esquerdo, porque a córnea está mais danificada.

Têm dias as vezes que me canso da vida, dá uma vontade de sumir do mundo, ficar longe de tudo e de todos. Pensamentos suicidas ecoam na minha mente, mas fico só em pensamentos mesmo, eu sei que no fundo eu não teria coragem, deixaria tanta gente que gosta de mim, não faria isso com elas.

---------

é tá uma merda o texto eu sei -.-

dicas de bandas [2]

E aí galera, aqui estou eu com mais dicas de bandas.

Perfect Like Me

Banda de post-hardcore/screamo formada em Los Angeles, Califórnia. Essa banda é muito foda, só tenho isso a dizer, conheço ela há pouco tempo. Recomendo

Música favorita:

Cinematic Sunrise

Essa banda é muito boa, é um pop punk/indie. Eu jurei nunca compartilhar essa banda com muitas pessoas pra ela não se tornar modinha, mas não resisti. A voz do vocalista é maravilhosa.

Música favorita:

Simon & Garfunkel

Uma dupla norte-americana de folk-rock muito conhecida dos anos de 1960. Ouvi uma música deles antes de ontem pela primeira vez na casa de um amigo, viciei.

Essa música foi usada na trilha sonora do filme The Watchmen e foi a que ouvi pela primeira vez:

Parkway Drive

Banda australiana de metalcore, formada em 2001. Conheci ontem essa banda, na madrugada, estava vendo vídeos de outra banda e acabei nessa, gostei e baixei o DVD, assisti e achei do caralho, muito foda.

Trailer do DVD:

Detalhe pro stage dive aos 00:45 INSANO!

domingo, 11 de julho de 2010

dicas de bandas

The Cab

Banda de rock americana de Las Vegas, Nevada. Já tinha ouvido falar dela faz um tempinho, mas só hoje fui baixar a discografia inteira e ouvir.

A banda é boa, destaques para as músicas “Bounce” e “I’ll Run”

Discografia completa em Torrent:

http://thepiratebay.org/torrent/5152146/The_Cab_Discography

A Day to Remember

Banda estadunidense de post-hardcore formada na cidade de Ocala, Flórida. Uma puta banda, essa é pra quem gosta de uma coisa mais agressiva

Música preferida:

fun.

Banda americana de Indie Pop de Nova York. Conheci-a através do twitter, demorei pra achar músicas deles, muito boa, músicas alegres e calmas

Música preferida: Be calm

Leeland

Banda de rock cristão dos Estados Unidos. Uma amiga minha me apresentou a essa banda, escutei algumas músicas só, mas a banda é boa.

É isso aí galera, pretendo domingo que vem trazer mais 4 novas bandas pra vocês e espero que gostem dessas. Obrigado!

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Best Rainy Day Ever


21/02/2010

Era um domingo normal como qualquer outro, de manhã o céu estava normal sem sinais de chuva, eu combino com uma amiga minha de sair, estava quase na hora de eu ir pra parada de ônibus, o céu começou a ficar nublado e feio, mas nada iria atrapalhar nem mesmo uma chuva. Chegando à parada, como de costume o ônibus demorou a chegar, neste meio tempo, a chuva começou a piorar, fui logo pensando no pior, imaginei que ela poderia ligar a qualquer momento e cancelar tudo. No trajeto, a chuva só ficava mais forte, ventos fortes pioravam ainda mais a situação. Desci do ônibus, abri meu guarda-chuva pra enfrentar a forte chuva, poucos metros depois ele vira do avesso, se não fosse pela ajuda de um mendigo eu teria atirado aquele guarda-chuva fora.

Foi lindo ver ela caminhando em minha direção com seu guarda-chuva, dava pulinhos de felicidade, quando ela já estava perto, dei um abraço apertado porque estava com muito saudade dela, não estava acreditando que mesmo com aquela puta chuva, ela saiu de casa pra me ver. Pensamos no que faríamos naquele belo dia de chuva, ela deu a idéia de ir tomar um capuccino, achei uma ótima idéia e lá fomos nós até o Café Aquários. Sentamos, ela me chamou de “bebê”, pegou em minhas mãos, ela não imagina o quanto aquilo me deixou sem jeito, e o quanto é importante pra mim. Depois do capuccino, comemos um cachorro-quente ainda, estava muito bom. Foi tão legal de ir lá, jogamos conversa fora e rimos.

Saímos de lá e sentamos num cantinho, para fumar, relaxar e conversar é claro. Andamos pelas ruas, e quando já era 19h fomos para a casa dela, decidimos ver um filme, mas não rolou, ficamos atirados no sofá (e que sofá bom aquele) com um notebook na nossa frente, eu estava tão cansado que por alguns minutos peguei no sono. Quando notei que estava escurecendo decidi ir embora, me despedi com um abraço forte e um beijo na bochecha. Sem dúvidas aquele domingo foi o melhor dia chuvoso da minha vida.